Vitamina B6 pode reduzir depressão e ansiedade - Mega Imagem

Vitamina B6 pode reduzir depressão e ansiedade

Blog › Vitamina B6 pode reduzir depressão e ansiedade


A Vitamina B6, também conhecida como piridoxina é importante para o metabolismo dos aminoácidos, carboidratos e gorduras. Essa vitamina pode ser consumida tanto em alimentos quanto na suplementação guiada por um profissional. Vamos entender para que serve a vitamina B6.

Funções da Vitamina B6

A Vitamina B6 possui algumas funções e ajuda em diversas reações enzimáticas. Vamos entender alguns papeis:
  • Ela ajuda na formação do grupo heme, composto pelas hemoglobinas, ajudando a transportar ferro no sangue;
  • Ela ajuda na transformação de hemocisteína em cisteína que é um tipo de aminoácido. Quando há excesso de hemocisteína, as chances de doenças cardiovasculares surgirem aumentam. Portanto, a vitamina B6 acaba ajudando na prevenção;
  • A vitamina B6 está envolvida na síntese de algumas proteínas que agem diretamente nos neurotransmissores, como a serotonina e dopamina, responsáveis pela regulação do humor, do prazer, memória e do relaxamento.
Ela está diretamente relacionada com o nosso dia a dia, sendo capaz de equilibrar as ações relacionadas ao metabolismo. A piridoxina é fator importante quando falamos na sua relação com o nosso bem estar. vitamina-B6

Estudos sobre as Vitaminas B6 e B12

Recentemente um estudo feito pela Universidade de Reading descobriu que doses específicas de vitamina B6 e B12 podem auxiliar na redução da ansiedade e melhora na depressão. Isso acontece por que as vitaminas  estão envolvidas em processos metabólicos que diminuem a excitação neural e aumentam a inibição. Este estudo investigou os efeitos da suplementação por 1 mês com uma alta dose de B6 ou B12, em comparação com placebo, em uma série de medidas comportamentais relacionadas ao equilíbrio entre inibição neural e excitação. Foram analisados cerca de 300 pacientes e descobriram que foi possível reduzir a ansiedade, o que induz também à uma redução da depressão. Esses pacientes ingeriram porções específicas das vitaminas e após 30 dias realizaram alguns testes. Foram analisados:
  • Transtornos de ansiedade: como o paciente se sentiu nesses dias de ingestão;
  • Questionários sobre humor e sentimentos;
  • Sensibilidade ao contraste visual;
  • Outras ações comportamentais.
O autor David Field conclui os estudos dizendo que foi possível visualizar uma redução do níveis de ansiedade e uma série de outras medidas comportamentais, já que as vitaminas são responsáveis por manter o equilíbrio entre excitação e inibição de neurotransmissores. Ele não recomenda o uso de altas doses, sem orientação médica, já que esse estudo está em fase inicial e ainda precisa de mais testes e comprovações.

Onde encontrar a vitamina B6?

A piridoxina pode ser encontrada em diversos alimentos que consumimos diariamente. O consumo varia entre 0,1mg a 2,0 mg, a depender da idade. Esses níveis são atingidos facilmente quando mantemos uma dieta saudável e equilibrada. É importante ressaltar que a suplementação dessa ou de demais vitaminas só pode ser indicada por um profissional habilitado e em casos necessários. O excesso das vitaminas no geral, pode trazer problemas de saúde para o paciente. Então, é importante o alerta sobre a automedicação. Listamos algum dos alimentos que são ricos em piridoxina:
  • Amendoim;
  • Grão-de-bico;
  • Feijão carioca;
  • Avelã;
  • Quinoa;
  • Maçã-verde;
  • Ovo de galinha;
  • Tainha (peixe);
  • Fígado;
  • Salmão;
  • Camarão;
  • Banana;
  • Shimeji;
  • Entre outros.

O que acontece quando há a deficiência da piridoxina?

A deficiência da piridoxina é rara, já que os alimentos ricos na vitamina são consumidos diariamente através de uma alimentação balanceada. Entretanto, em alguns casos pode acontecer a deficiência. Ela é causada pela baixa ingestão de alimentos ricos na vitamina, alcoolismo, uso de medicamentos como os anticonvulsivantes e antibióticos (isoniazida). Com isso, podem surgir doenças como a dermatite seborréica causando a descamação da pele e vermelhidão, raciocínio lento,  depressão, confusão mental e convulsões. Além disso, por auxiliar no grupo de formação dos glóbulos vermelhos é preciso ter cuidado para não desenvolver  a anemia miocritica- que consiste na redução do tamanho dos glóbulos vermelhos. piridoxina

Alerta para os excessos

O excesso e toxidade da vitamina só acontecerá se houver a auto suplementação, sem orientação profissional. Ela é rara, mas pode acontecer. Ela pode apresentar sintomas como a fraqueza, dormência de dor nos nervos (geralmente das mãos e pés) e distúrbios digestivos. Assim que interrompida a ingestão em excesso e reestabelecido os níveis no sangue, os sintomas cessam.

Diagnóstico para ausência ou excessos da Vitamina B6

O diagnóstico para a ausência ou excesso da vitamina pode ser comprovada através do exame de sangue. Entretanto, o médico fará um diagnóstico mais completo para identificar o motivo da falta ou excesso e corrigi-la. É importante essa avaliação geral para entender se o paciente possui alguma patologia, ou até mesmo faz o uso de medicamentos que possam atrapalhar a absorção da vitamina no organismo. Em caso de dúvidas, sempre consulte o seu médico. Portanto, para os casos de deficiência onde a alimentação pode corrigir a falta da piridoxina, procure pela ajuda de um Nutricionista habilitado, assim ele poderá indicar quais alimentos devem ser ingeridos diariamente, suas quantidades e possíveis combinações.

Combate à depressão e ansiedade

É preciso entender que as pessoas diagnosticadas com depressão e ansiedade devem seguir seus tratamentos com o acompanhamento do Psiquiatra e do Psicólogo, visto que os estudos sobre o uso da vitamina ainda não são usados oficialmente como um método preventivo. Precisamos cuidar da saúde física, mas também da saúde mental. A prevenção ainda é o melhor caminho.

Precisando realizar seus exames e manter a saúde em dia? Conte com a Mega!

Agende seus exames on-line, clique aqui!

Baixe o MEGAPP!
Basta acessar a Play Store ou App Store e baixar o APP que aparece como “Mega Imagem-Agendamento”.

Já segue a Mega nas Redes Sociais?
Acesse nossos canais: FacebookYoutube Instagram, Linkedin.




Por Rafaélla Mantovani em 20/07/2022