Herpes: causas, sintomas e tratamento - Mega Imagem

Herpes: causas, sintomas e tratamento

Blog › Herpes: causas, sintomas e tratamento


A herpes é uma doença infectocontagiosa, causada pelo vírus herpes simplex (HSV). Ele provoca o aparecimento de bolhas e feridas na boca, especificamente nos lábios. As bolhas podem causar ainda formigamento, coceira ou dor na região afetada.

Tipos de Herpes

Existem dois tipos de herpes simples, divididos em tipo I e tipo II. Ambos podem acometer a região da boca e genital, mas podem, também, atingir outras partes da pele do corpo. Todo mundo já teve algum contato com o vírus da Herpes alguma vez na vida, mas na maioria dos casos ele permanece incubado e só aparece quando o organismo se encontra desprotegido. É comum o aparecimento em algumas situações como pequenas infecções, como gripe ou resfriado, períodos de intenso estresse, presença de doenças do sistema imune, como HIV ou lúpus. Além disso, é possível o aparecimento no tratamento com antibióticos e exposição excessiva ao sol. Contudo, existem pessoas que podem entrar em contato com o vírus, ficar infectados e nunca manifestar sintomas.

Principais sintomas e contágio

É possível identificar a doença, cerca de 48 horas antes da aparição das bolhas. Geralmente o paciente sente dor, formigamento, coceira e vermelhidão. Após essa sensação, as bolhas podem erupcionar e causar dor e até febre para algumas pessoas. O contágio da Herpes acontece através da saliva, beijos ou contato com objetos contaminados. Por isso, é comum a aparição da Herpes muitas vezes na infância. O vírus quando entra em nosso organismo, percorre a corrente sanguínea e se instala em terminações nervosas, principalmente nos gânglios. Quando há o enfraquecimento do sistema imune, ele surge com os sintomas já citados. Como evitar o contágio? Doenças de fácil contaminação como a Herpes, precisam de uma atenção redobrada nos cuidados diários. Mas, como evitar o contágio? Vamos lá:
  • Evitar o compartilhamento de objetos pessoais como toalhas, copos e talheres;
  • Evitar beijar pessoas com feridas na boca;
  • Higienizar sempre as mãos;
  • Evitar utilizar batom de outras pessoas.
Estas são algumas recomendações para evitar o contágio, mas o principal é evitar o contato salivar. Para os portadores é importante a higienização das mãos constantemente. Além disso, ao se expor ao sol, o ideal é utilizar o filtro solar labial, para evitar que a doença surja com frequência.

Prevenção

Outro ponto muito importante é a alimentação. Manter uma alimentação saudável, com alimentos ricos em nutrientes e também a regulação da Vitamina D, auxilia no controle dos níveis de força do sistema imunológico. A prática regular de exercícios físicos atua como aliada da alimentação, já que além de melhorar o metabolismo, prevenir doenças cardiovasculares, ainda ajuda no aumento da imunidade. É bom evitar alimentos ricos em arginina, como leite, iogurte, bacon, presunto, nozes e castanhas, por exemplo, já que esse aminoácido pode acelerar a replicação viral. Outra dica é a suplementação de lisina, um aminoácido que pode ser encontrado na alimentação, mas que, em doses mais concentradas, é eficaz no controle da doença e diminuição dos sintomas. Portanto, é de extrema importância o controle e a visita regular ao médico para verificar os exames sanguíneos.

Tratamentos 

Não existe vacina ou tratamentos para a cura da Herpes. Ela atua de forma parecida com o HIV e HPV, por exemplo. São doenças contagiosas que nunca sairão do organismo, mas é possível controlar as crises. Geralmente quando as feridas estão erupcionadas algumas pomadas e remédios orais são indicados, como o Aciclovir. Eles ajudam a aliviar os sintomas, em poucos dias as bolhas estouram e formam  a casquinha para cicatrização.

Diferença de Herpes Labial e Herpes Genital

O Herpes genital é considerado o tipo II, ele possui os mesmo sintomas da herpes labial, entretanto atinge os órgãos genitais. A Herpes Genital é quatro vezes mais recorrente que a labial, por isso é importante ter cuidado no momento das relações sexuais. É imprescindível, o uso do preservativo e cuidados na relação. Os sintomas são os mesmos, entretanto em algumas pessoas pode causar dores musculares nas regiões ao redor da vagina ou pênis.

Precisando realizar seus exames e manter a saúde em dia? Conte com a Mega!

Agende seus exames on-line, clique aqui!

Baixe o MEGAPP!
Basta acessar a Play Store ou App Store e baixar o APP que aparece como “Mega Imagem-Agendamento”.

Já segue a Mega nas Redes Sociais?
Acesse nossos canais: FacebookYoutube Instagram, Linkedin.




Por Rafaélla Mantovani em 23/02/2022