Insulina inalável. Sim, agora é possível também no Brasil, isso porque a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou na última segunda-feira (03/06) a comercialização deste produto.

A expectativa é que o produto seja comercializado no país a partir do quarto trimestre deste ano, que depende do processo de registro de preços pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

Um kit dessa insulina (com duração de um mês) nos Estados Unidos é vendido por US$ 150 a 400 (dólares), dependendo da quantidade de doses demandada pelo paciente. O valor equivalente no Brasil é de R$ 580,00 a 1.550,00.

Segundo a empresa, esse tipo de insulina, tem por objetivo oferecer uma opção de melhorar a qualidade de vida dos portadores de diabetes que de acordo com a Federação Internacional de Diabetes ultrapassa o número de 12 milhões de pessoas no Brasil.

Quando a insulina inalada foi introduzida pela primeira vez?

A insulina inalada foi aprovada pela Food & Drug Administration (FDA) em 2006 , tornando o “Exubera” da Pfizer o pioneiro nesse mercado.

Certamente inovador, o Exubera ainda lutava para ganhar tração devido a várias questões de segurança, juntamente com seu dispositivo inalador grande e volumoso. A Pfizer retirou o Exubera do mercado em 2007.

Não foi até 2014 quando os produtos farmacêuticos da MannKind receberam a aprovação do FDA para um segundo tipo de insulina inalada, “Afrezza”.

Com  menos preocupações com a segurança e um dispositivo inalador muito menor e mais simples, o Afrezza se tornou muito mais popular do que seu antecessor.

Utilização da Insulina

O produto batizado de Afrezza é hoje fabricado por duas empresas (Biomm e MannKind Corporation) com ação ultrarrápida.

Esse tipo de insulina é geralmente utilizado antes das refeições para equilibrar a quantidade de insulina na corrente sanguínea após a ingestão de alimentos e deve ser utilizado juntamente com outras insulinas de ação mais lenta, conhecidas como basais.

A insulina basal faz o controle da glicose em períodos mais extensos, como, por exemplo durante a madrugada.

Essa insulina de ação rápida é indicada para pessoas que tem diabetes tipo 1 e pessoas com diabetes tipo 2 que têm uma produção muito baixa do hormônio, responsável pelo controle dos níveis glicêmicos o sangue.

Dentro desse pequeno inalador, se encontra o pó da insulina, que ao ser inspirado vai direto para os pulmões, onde é absorvido pelo corpo.

A empresa afirma que a insulina é absorvida em segundos e, em poucos minutos, acontece o efeito da redução da glicose no sangue.

Comparativo Insulina Inalável

Prós e contras da insulina inalada

A experiência de usar Afrezza como parte da rotina de controle do diabetes é definitivamente diferente do que tomar insulina com seringa, caneta ou bomba.

Aqui estão algumas coisas que você precisa saber sobre a insulina inalada.

Prós

Não há agulha

Existe um número significativo de pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 que temem ou evitam tomar insulina devido à fobia de agulhas. Neste sentido, a Afrezza é a única opção de insulina sem agulha no mercado hoje.

Como qualquer outro tipo de medicamento, o produto precisa ser indicado por um médico para ser adquirido. É importante ressaltar que o medicamento não é recomendado para menores de 18 anos.

O medicamento também não é indicado para pacientes que sofram com problemas respiratórios como bronquite ou asma e tem sua eficácia reduzida em fumantes ou pessoas que pararam de fumar há menos de seis meses.

Além disso, também não pode ser usado por pessoas alérgicas a insulina.

Começa a funcionar rápido! 

Ao contrário da insulina subcutânea, você notará que o Afrezza está atuando na sua corrente sanguínea 15 minutos após tomá-lo. Assim, você pode tomar a insulina inalada logo quando começar a comer, sem ver tanto aumento significativo no açúcar no sangue durante 1 a 2 horas após a refeição.

Ele corrige os níveis elevados de açúcar no sangue muito mais rápido

Embora o Afrezza se destine às necessidades de insulina durante as refeições, é definitivamente útil para corrigir picos ao longo do dia também.

Em comparação com a espera terrivelmente longa com a insulina subcutânea, o Afrezza diminuirá essa dose muito mais rapidamente.

Você tem um risco muito menor de hipoglicemia 2 a 4 horas após tomá-lo

O Afrezza não só começa a trabalhar no seu sistema rapidamente, como também sai do seu sistema rapidamente.

Isto significa que terá um risco muito menor de ter um nível baixo de açúcar no sangue 2 a 4 horas após toma-lo em comparação com o mesmo período após tomar Novolog, Humalog, Apidra ou Fiasp.

O dispositivo inalador é barato e de baixa manutenção

Ao contrário de uma bomba de insulina, o dispositivo inalador usado para administrar Afrezza é extremamente simples.

Não há nada de eletrônico nele, o que significa que ele realmente não pode “falhar” ou apresentar problemas de funcionamento como uma bomba de insulina. É uma forma de apito de plástico muito básica que contém o cartucho de insulina em pó.

Insira, dê uma tragada grande, jogue o cartucho vazio no lixo e pronto. Comparado com o bombeamento – que requer uma grande quantidade de suprimentos caros – o único acessório necessário com o Afrezza é simples, barato e reutilizável.

Contras

Provavelmente não substituirá todas as suas necessidades de insulina

Conforme mencionado anteriormente, para pessoas com diabetes tipo 1, você ainda precisará usar insulina subcutânea para atender às suas necessidades básicas de insulina e para algumas de suas necessidades mais complexas durante as refeições.

Para aqueles com diabetes tipo 2, Afrezza pode ser a única insulina de que você precisa se atualmente toma apenas insulina de ação rápida, ou seja, ele não pode substituir as suas necessidades de insulina de ação prolongada.

Sim, funciona rápido, o que significa que não é ideal para todos os tipos de refeições.

Na verdade, o Afrezza atua tão rápido que pode não cobrir o fim da digestão das refeições se for uma refeição com alto teor de gordura ou proteína. Isso é algo para observar de perto quando você começar a usá-lo.

Há uma curva de aprendizado.

Se você tentar usar a insulina Afrezza da mesma forma que faria com a insulina subcutânea, provavelmente ficará frustrado com altos e baixos, porque funciona de forma diferente.

Definitivamente haverá uma curva de aprendizado aqui, então seja paciente, seja cuidadoso e faça anotações!

Pode causar  tosse

Algumas pessoas não experimentam tosse após usar Afrezza, mas outras consideram a tosse pós-inalação um grande impedimento.

Embora tenha sido considerado seguro para a maioria das pessoas, você pode simplesmente descobrir que o efeito colateral da tosse não vale a pena.

Por falar em pulmões, deve falar bastante com o seu médico antes de usar Afrezza se:

    • é fumante ou fumou nos últimos 6 meses
    • tem ou teve câncer de pulmão
    • estão usando qualquer outro medicamento inalado
    • tem asma ou DPOC
    • tem problemas renais ou hepáticos
    • estão grávidas ou planejando engravidar
    • estão amamentando

Ainda é estranho levar em público

Se você não gosta de tomar uma injeção em público, Afrezza é um pouco mais difícil de esconder.

Você deve inspirar profundamente para garantir que a dose completa entre em seu sistema. Não é grande coisa, mas certamente também não é sutil.

Se você estiver interessado em experimentar a insulina inalada, fale com seu médico para saber se ela seria uma boa opção para você.

Kelma Yaly

Kelma Yaly

Consultora de Marketing de Conteúdo e Performance para Mega Imagem.