Diante do momento em que vivemos, vamos entender um pouco mais sobre o coronavírus e qual a relação com as sequelas deixadas ao coração

O que é o coronavírus?

Primeiramente, vamos pontuar o que seriam os coronavírus. Eles são uma grande família de vírus comuns em muitas espécies diferentes de animais, incluindo camelos, gado, gatos e morcegos.

Raramente, os coronavírus que infectam animais podem infectar pessoas, como exemplo do MERS-CoV e SARS-CoV. 

Recentemente, em dezembro de 2019, houve a transmissão de um novo coronavírus (SARS-CoV-2), o qual foi identificado em Wuhan na China e causou a COVID-19, sendo em seguida disseminada e transmitida pessoa a pessoa.

A COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves. 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a maioria (cerca de 80%) dos pacientes com COVID-19 podem ser assintomáticos ou oligossintomáticos (poucos sintomas), e aproximadamente 20% dos casos detectados requer atendimento hospitalar.

Este atendimento hospitalar se dá por apresentarem dificuldade respiratória, dos quais cerca de 5% podem necessitar de suporte ventilatório.

Agora que já entendemos o que é a doença, veremos quais são os sintomas e as possíveis sequelas que o vírus pode deixar. 

Sintomas 

Segundo a OMS ,o s sintomas da COVID-19 podem variar de um resfriado, a uma Síndrome Gripal-SG (presença de um quadro respiratório agudo, caracterizado por, pelo menos dois dos seguintes sintomas: sensação febril ou febre associada a dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza) até uma pneumonia severa. 

Sendo os sintomas mais comuns:

  • Tosse;
  • Febre;
  • Coriza;
  • Dor de garganta;
  • Dificuldade para respirar;
  • Perda de olfato (anosmia);
  • Alteração do paladar (ageusia);
  • Distúrbios gastrintestinais (náuseas/vômitos/diarreia);
  • Cansaço (astenia);
  • Diminuição do apetite (hiporexia);
  • Dispnéia (falta de ar);

Entendido isso, veremos qual é a relação da doença com o coração. Em um outro artigo falamos sobre a prevenção ao coronavírus, leia mais. 

Covid-19 e as doenças do coração

Diante disso, a Mega trouxe algumas informações relevantes a respeito dessa doença, relacionada a problemas do coração

Recentemente, trabalho publicado em Maio de 2020 sobre o acometimento do coração em pacientes com Covid -19, foi relatado que quando ocorre acometimento agudo cardíaco pelo vírus, o desenlace da doença é pior mesmo em pacientes sem doença do coração prévia.

Segundo a pesquisa, foi detectado que em 187 pacientes, em um hospital em Wuhan na China, que tiveram aumento de uma substância no sangue que se chama troponina, que tem um  significativo aumento da taxa de mortalidade em relação aos pacientes com nível normal de troponina. 

Pacientes com doença prévia de coração como hipertensão, doença coronariana e doença do músculo do coração (que chamamos de cardiomiopatia) tinham maior tendência a aumentar a troponina durante a estadia no hospital. 

Além disso, o metabolismo de lipídios – o aumento do nível de  gordura no sangue que pode gerar placas de gordura nas artérias- também parece ter um papel importante na infecção pelo (Covid-19).      

Em outro artigo os autores comentam sobre como o vírus pode causar danos ao coração.

As possibilidades são uma destruição direta das células cardíacas pelo vírus como pode ocorrer no pulmão. 

Outra possibilidade também é a inflamação que o vírus induz para que o corpo se defenda, mas acaba causando danos a célula cardíaca principalmente em pessoas com doença cardiovascular prévia. 

Por outro lado, outro mecanismo seria a ruptura de placas de gordura pré-existentes na parede das artérias que poderiam se romper e causar falta de oxigenação por obstrução da passagem do sangue com oxigênio para o músculo cardíaco.

Cuide da sua saúde e do seu coração

Enfim, ter um olhar especial para o coração de pacientes com o diagnóstico de Covid-19 é importante e eles sugerem maior número de acompanhamentos desses pacientes com novos trabalhos para chegar a mais conclusões. 

Por isso, se você já teve a Covid-19 não deixe de realizar exames periodicamente e cuidar da sua saúde.

Portanto, é de extrema importância, verificar como está a saúde de seus órgãos e de seu coração. 

Já acompanha as nossas redes sociais? Não deixe de acessar nosso Instagram  e  Facebook.

Espero que tenha gostado desse artigo, até breve.

Rafaélla Mantovani

Rafaélla Mantovani

Comunicação e Marketing Digital na Clínica Mega Imagem.