exames

Mamografia Digital

Quer agendar este exame?

Clique aqui e vá direto para o portal de agendamento de exames. Se quiser, continue lendo esta página para saber mais sobre o exame!

Está precisando de ajuda?

Se você não tem certeza se este é o exame que você precisa, quer saber mais sobre a clínica ou qualquer outra dúvida, clique aqui para falar conosco!

Sobre o exame

A mamografia é um exame radiológico para avaliação das mamas, feita com um aparelho de raio-X chamado mamógrafo. Pode identificar lesões benignas e cânceres, que geralmente se apresentam como nódulos, ou calcificações. Na Mega Imagem, o exame é realizado com um moderno aparelho de Mamografia Digital Direta.

Este exame é usado para detecção precoce do câncer de mama antes mesmo de ser identificado clinicamente por meio da palpação. O estudo Swedish Two-County Trial of Mammographic Screening, feito com 133.065 mulheres durante quase três décadas, mostrou que a mamografia regular pode reduzir em 30% as mortes do câncer de mama.

A mamografia digital utiliza um detector que transforma o raio-X em sinal elétrico e transmite para um computador. A mamografia digital oferece vantagens em relação à convencional. A imagem mamográfica pode ser armazenada e recuperada eletronicamente. Permite ao radiologista ajustar as imagens, no próprio monitor da estação de trabalho, realçando ou ampliando alguma área, para melhor analisá-la. Existem, ainda, softwares que auxiliam na detecção de lesões. Com todas essas ferramentas, a mamografia digital pode requerer menor repetição de imagens em relação à analógica, reduzindo assim a exposição à radiação.

Cada incidência mamográfica dura apenas alguns segundos. Geralmente, os exames são agendados a cada 15 minutos de forma que haja tempo suficiente para troca de roupa e posicionamento do paciente, além da realização de todas as incidências mamográficas que forem necessárias.

Preparo necessário

Confira os requisitos para fazer este exame!

  • Não utilizar desodorantes, óleos e talcos na região das mamas e axilas (Pois algumas substancias contidas no produto pode representar falsas lesões no diagnóstico do exame)
  • Vir preferencialmente com duas peças de roupa (Para retirar somente a parte de cima da roupa)
  • Quanto aos acessórios (Brincos, Colares e correntes): são retirados no ato da preparação para exame a fim de evitar artefatos causando repetição de imagem.
  • Trazer exames anteriores relacionados a mama (Ultra som, Ressonância e Mamografia anterior)
  • Não agendar o exame próximo ao período menstrual (Devido a sensibilidade aumentada a dor neste período)
  • Avisar a técnica se tem próteses mamarias (Pois a técnica realizara uma manobra diferenciada para melhor visualização da mama)
  • Não estar com suspeita de gravidez

Dúvidas frequentes

A Mega esclarece as principais dúvidas dos pacientes relacionadas à este exame!

Quando deve ser realizada a mamografia?

Segundo o INCA ( instituto nacional do câncer ) a mulher deve iniciar aos 40 anos, fazendo uma mamografia a cada 2 anos e após os 50 anos deve fazer uma exame por ano. Os ginecologistas orientam a fazer o primeiro exame aos 40 anos e após anualmente.

E quando há história familiar de câncer de mama?

Iniciar aos 35 anos ou cerca de 10 anos antes da idade em que a parente teve câncer de mama.

Mulheres com prótese de silicone podem fazer a mamografia?

Mulheres que tenham colocado uma prótese de silicone podem realizar a mamografia normalmente. Deve-se ter o cuidado de avisar o técnico antes sobre a existência da prótese de silicone para que a técnica adequada seja realizada.

O mamógrafo pode romper a prótese de silicone?

Não há o risco de ruptura de prótese.

Implantes de silicone atrapalham no diagnóstico de câncer de mama?

Em mulheres com implantes de silicone, especialistas afirmam que há redução da sensibilidade do método e essa variação do resultado pode diminuir em até 30% o diagnóstico, o que de fato dificulta um pouco a precisão do resultado e as conclusões do médico. A Ressonância Magnética de mamas é uma opção para avaliar a integridade dos implantes e visibilizar totalmente o tecido mamário.

Qual o melhor método para o diagnóstico de câncer de mama, ultrassonografia ou mamografia?

A mamografia é o principal método para o diagnóstico precoce de câncer de mama. A Principal vantagem da mamografia sobre a ultrassonografia é a detecção de microcalcificações.

A ultrassonografia é muito boa para diferenciar se uma nodulação encontrada na mamografia é de consistência sólida (nódulo) ou líquida (cisto), também complementar casos duvidosos da mamografia e avaliar melhor os gânglios axilares.

Mamografia pode reduzir o risco de câncer de mama ?

Em primeiro lugar deixemos claro que estamos falando de prevenção secundária e precoce de câncer de mama, atenção, pois não será o exame de mamografia anual que irá prevenir o aparecimento do câncer da mama mas será a forma de detectar precocemente quando presente e assim aumentar as chances de cura pelo tratamento precoce, diminuindo em 30% a morbidade e mortalidade.

Vídeo

Entenda a mamografia digital direta:

Agora é só agendar!

Você já entendeu tudo sobre a mamografia digital direta! Só falta agendar seu exame: