RESSONÂNCIA MAGNÉTICA CARDÍACA

É um exame que permite avaliar o músculo cardíaco quanto à funcionalidade, dinâmica dos movimentos cardíacos, viabilidade do músculo (fibrose ou necrose), perfusão (isquemia), alterações morfológicas (cardiopatias hipertróficas e dilatadas, doenças infiltrativas e de depósitos, malformações congênitas e neoplasias).

A alta qualidade de imagem, a ausência de radiação e a maior segurança do uso de contraste a base de Gadolíneo torna o exame uma ferramenta importante para a detecção das doenças.