Sedentarismo: tudo que você precisa saber!

sedentarismo

O sedentarismo é a falta ou ausência de atividades físicas no dia a dia, resultando em um gasto calórico reduzido. Por exemplo, passar o dia sentada ou ir em um local próximo de carro. 

Você sabia que uma pessoa sedentária é considerada quando não consegue gastar o mínimo de 2.200 calorias por semana com atividades físicas. 

O indivíduo ativo deve gastar no mínimo 300 calorias por dia.

O sedentarismo possui alta incidência na população, sendo considerado um problema de saúde pública. 

Acredita-se que 46% da população brasileira seja sedentária. Ainda, estima-se que o sedentarismo esteja relacionado com quase 14% das mortes no Brasil segundo a Organização Mundial de Saúde. 

Entretanto, o desenvolvimento de doenças crônicas e de doenças cardiovasculares aumenta. É fundamental cuidar da saúde e bem estar e isso não é tão difícil quanto parece. Uma simples prática de atividade física pode melhorar a qualidade de vida e diminuir os fatores de risco para o desenvolvimento de doenças. 

Causas e consequências

Existem várias causas para o sedentarismo, sendo a principal delas a falta da prática regular de exercícios físicos e de uma alimentação saudável.

 Algumas atividades do atual modo de vida das pessoas favorecem o sedentarismo, por exemplo:

Muitas pessoas perdem o costume de se movimentar para ir até uma padaria ou mercearia próximo de sua casa, com isso fazem o uso de carro em pequenos trajetos. 

Além disso, o consumo excessivo de alimentos industrializados, horas na frente da televisão ou computador e uma rotina repleta de atividades causam o sentimento de preguiça no indivíduo. 

Por isso, muitas vezes ele faz escolhas como utilizar a escada rolante ao invés da normal, entre outros. 

Como toda causa há uma consequência, aqui não seria diferente. O sedentarismo não é bom para a saúde e causa perda de força física e atrofia os músculos. Uma das saídas é começar a praticar atividade física. 

Além de melhorar a parte muscular e diminuir o acúmulo de gordura, evita o surgimento de diabetes tipo 2, hipertensão arterial e infarto do miocárdio.

Sedentarismo infantil e na adolescência

O sedentarismo não acomete apenas os adultos, ele também é bastante comum na infância e adolescência, trazendo consequências para a vida adulta. Uma criança sedentária pode tornar-se um adulto obeso. Porém, as crianças magras também podem sofrer as consequências do sedentarismo.

Muitas crianças substituíram o ato de brincar por assistir TV, jogar vídeo-game, usar computadores e tablets. Os adolescentes também passam horas em frente aos computadores, TV e utilizando celulares. 

Além da falta de atividades físicas, crianças e adolescentes tendem a se alimentar de mais doces, chocolates, biscoitos e refrigerantes, o que contribui para a obesidade.

Sedentarismo e obesidade

A obesidade pode surgir em decorrência do sedentarismo. Isso acontece quando o sedentarismo é associado a uma dieta rica em açúcares e gorduras. A obesidade é o acúmulo de gordura corporal em excesso, caracterizada pelo volume excessivo do ventre e de outras partes do corpo.

Dicas para sair do sedentarismo

Para sair do sedentarismo é necessário dar início a realização de atividades físicas. Elas podem iniciar de forma leve e aumentar de intensidade com o tempo.

As principais dicas para sair do sedentarismo são:

  • Realizar uma alimentação saudável;
  • Praticar no mínimo 30 minutos de atividade física por dia;
  • Preferir realizar pequenos trajetos caminhando;
  • Praticar a ginástica laboral, no caso de trabalhos em escritórios;
  • Trocar elevadores por escadas;
  • Realizar atividades domésticas.

 

Portanto, a mudança de hábito é um bom começo para aqueles que não sabem como sair do sedentarismo e mudar seu estilo de vida. Somente seguindo o básico das dicas acima, você já sentirá grande diferença. A mudança começa aos poucos, não queira mudar radicalmente, pois isso pode te desanimar.  

Alongamentos também podem ajudar nesse processo, caso alguma atividade física não te motive tanto, o alongamento ou até mesmo o yoga são saídas. E lembre-se, encontre atividades que te motivem a continuar.

Por fim, espero que você tenha gostado desse artigo.

Já acessou nossas redes sociais? Não deixe de acessar nosso Instagram e Facebook.

Espero que tenha gostado desse artigo, até breve.

Por Mega Imagem

A clínica Mega Imagem é referência no diagnóstico por imagem na Baixada Santista.